Domenico Ricci

Nasceu em Susa, Itália. Aos 11 anos matriculou-se no Conservatório “L.Perosi” de Campobasso onde concluiu com distinção os cursos de Piano e Composição. Também estudou órgão, canto gregoriano e direcção de orquestra com o Maestro M.Summers.

Como pianista ganhou prémios em Concursos Nacionais. Destacam-se entre os prémios obtidos o “Premio Speciale Interpretazione Romantica” no “2º Concurso Nazionale di Musica da Camera Cittá di Termoli” (1999), como membro do Trio Respighi. Realizou numerosos concertos como solista e em formações da Câmara em diversas cidades italianas (Roma, Macerata, Taranto…) para importantes instituições como “Festival delle Nazioni” em Roma no Teatro Marcello e para a temporada “Concerti dell’Universitá” sendo convidado a actuar como solista em várias orquestras.

Como compositor ganhou o primeiro prémio no “VI Concurso Nacional di Composizione di Castagneto Carducci”. Entre as suas composições podemos encontrar: ”Crux” para coro de quatro vozes, editada pela “Rugginenti Editore” e executada pelo “Civico Coro di Milano” e “Fantasia per piano e orchestra” executada pela orquestra “Arte e cultura”. Desempenhou funções como pianista acompanhador no Teatro Savoia em Campobasso.

Foi também pianista acompanhador em Cursos de Aperfeiçoamento Musical nacionais e internacionais. Como Maestro dirigiu (entre outros) : Ensemble “Twelve sax”, “Orchestra della Regione Molise”, “Orchestra della Provincia di Foggia”, representações da opera “La serva padrona”. Como orquestrador ganhou o concurso “Giovani musicisti” organizado pelo Lion’s Club.

Em Portugal tem realizado e promovido inúmeros concertos de música de câmara, destacando-se o seu trabalho no âmbito do duo “Reflexos” e do “Trivium” em vários teatros do País (CCB, TMG, Teatro Viriato, Teatro Caracas, entre outros) chegando a colaborar com o barítono José Oliveira Lopes, com a “Camerata da Guarda”, com o quarteto S. Roque e com o violinista G. M. Sanna.

Tem sido responsável por várias estreias, nacionais e absolutas.

É também o Director Artístico (e director do Ensemble) da Associação “Síntese-grupo de música contemporânea”, associação que tem como objectivo a promoção de música contemporânea em geral, tendo como epicentro de actividade a cidade da Guarda. Ponto fundamental da Associação é o Festival Anual de Música Contemporânea organizado em parceria com o TMG onde, além da execução, pelo Ensemble, de obras consagradas do repertório, são encomendadas obras a compositores portugueses e convidadas formações musicais relevantes do panorama musical português e estrangeiro.

1Shares