Jorge Pires

Jorge PiresJorge Pires iniciou os estudos musicais no Conservatório Regional de Castelo Branco (CRCB), onde trabalhou com os professores Paulo Valente Pereira e Eli Camargo Jr. De seguida ingressa na Escola Superior de Música de Lisboa nas classes dos professores Piñeiro Nagy e António Gonçalves, tendo concluído o Curso Superior de Guitarra em 2000. Posteriormente, concluiu a profissionalização para o ensino na Universidade de Aveiro. Tem frequentado cursos e master-classes de guitarristas como Leo Brouwer e Betho Davezac, entre outros. Integrou o projecto de formação de professores “Música Instrumental Partilhada” baseado essencialmente na constituição de classes de conjunto não convencionais, orientado por Eli Camargo Jr.

Lecciona Guitarra e classes de conjunto no CRCB, no Conservatório de Música da Guarda e na Escola Profissional de Artes da Beira Interior (EPABI). Integrou a direcção pedagógica do CRCB em 2011/2012. Tem sido membro de júris de diversos concursos, entre os quais o Concurso Juvenil de Guitarra do Fundão e orientou o “I estágio de orquestra de guitarras” promovido pela EPABI, em março de 2013.

A nível concertístico, destacam-se os projectos “Síntese – Grupo de Música Contemporânea”, “Guitarrafonia”, “GuitarraTrio” e “Acord’ensemble”, dos quais é co-fundador e com os quais se tem apresentado em salas e eventos como o Centro Cultural de Belém (“espaço 7 às 9” e pequeno auditório); o Teatro Municipal da Guarda; teatro ACERT de Tondela; Cine-Teatro Avenida de Castelo Branco, Auditório do Conservatório de Música de Coimbra; Casa Belgais; Festival de Guitarra de Sernancelhe; Festival “Guitarre – Essone” (Paris); o “Festival da Primavera” (Viseu); o festival “Allegromosso’ 2012” (região de Emilia Romagna – Itália) e, mais recentemente, o Palácio de Fonseca (Universidade de Salamanca).